sábado, setembro 29, 2007

«Eu sou um homem sério!»

E não é que o homem que aqui há uns anos chorara em plena televisão enquanto jurava que abandonaria a política chegou agora a presidente do maior partido da oposição em Portugal?

Só para provar os benefícios da tenacidade e comprovar a utilidade de nem sempre se cumprir a palavra dada...

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

E a propósito do caso que o fez chorar, foi na altura noticiado que o personagem detinha uma conta-corrente numa agência de viagens e que à pala dessa conta foi assistir a concertos do falecido Frank Sinatra e de Roberto Carlos!

1/10/07 11:11  
Anonymous Anónimo said...

(para se perceber o comentário anterior teria sido preciso acrescentar que se tratava do caso das viagens-fantasma dos deputados).

1/10/07 11:13  
Anonymous Anónimo said...

Os dois comentários anteriores são curiosos:
- num as viagens 'fantasmas'
- noutro o facto de assistir a concertos de alguém já falecido.

Qual seria a agência? Seria de viagens ou mortuária?

Olha, que giro, fiz uma duvidança...

1/10/07 21:02  

Publicar um comentário

<< Home