terça-feira, outubro 31, 2006

1 + 1 = 3

Há com certeza bons argumentos para se defender a despenalização do aborto até às 10 semanas. O direito da mulher não é um deles.

3 Comments:

Anonymous Helena said...

Já li, reli e voltei a ler o texto dos direitos da mulher e muito sinceramente não encontro, como seria de esperar, qualquer associação ao aborto, muito à despenalização de um crime. Muito pelo contrário :" Artigo VII -
Não cabe excepção a nenhuma mulher; ela será acusada, presa e detida nos casos determinados pela Lei. As mulheres obedecem tanto quanto os homens a esta lei rigorosa."
Portanto não percebo nem concordo com a associação.

31/10/06 16:31  
Anonymous volchok said...

Helena,

Não tenho a certeza de ter percebido o seu comentário e peço desde já desculpa por qualquer erro de interpretação.

Quanto ao direito (de escolha) da mulher, referido no post, limito-me a constatar que é um argumento que tem sido usado frequentemente na defesa da despenalização e com o qual não concordo.

1/11/06 15:27  
Anonymous Helena said...

Eu é que peço desculpa. Realmente nunca vi ou li qualquer defesa da despenalização do aborto fundamentada nos Direitos da Mulher. Felizmente. Deve ter sido esse o ponto de partida para esta confusão.
Não sou contra a despenalização, mas não vejo como alguém, usando esse fundamento, possa reduzir uma vida humana a tão pouco...

2/11/06 11:00  

Enviar um comentário

<< Home