terça-feira, novembro 07, 2006

Perigo de contágio

Já só falta o aval da Autoridade da Concorrência para consumar um negócio de milhões: a compra da Portugália pela TAP. Em comunicado, lemos que a PGA deverá manter “a identidade própria, a sua autonomia de gestão e também a normalidade das operações já programadas”. Esperemos que sim.

Na verdade, receio bem que a TAP contamine a Portugália com os seus maus hábitos: permanentes atrasos nas partidas e chegadas; refeições intragáveis; serviços de bordo minimalistas; taxas excessivas; escassos voos com tarifas promocionais; preços exagerados em alguns trajectos (o caso Lisboa-Porto é clamoroso).

1 Comments:

Anonymous lavínia said...

e o de lisboa - funchal nem se fala! sim sou eu e estou de volta! vale, vale!!

13/11/06 16:31  

Enviar um comentário

<< Home