sábado, dezembro 16, 2006

Duvidanças de uma mente curiosa, 3

A propósito de The Departed:


1) Porque é que o agradável filme de Scorcese desvaloriza os dois elementos de Mou gaan dou (Infernal Affairs) que mais me agradaram, a saber a relação quasi-paternal/filial entre a personagem de Chau-Sang/Martin Sheen e a de Tony Leung/Leonardo diCaprio, e o complexo conflito psicológico por que passa a personagem de Andy Lau/Matt Damon, que no filme de Hong Kong se resolve com uma espécie de auto-redenção?

2) Porque é que as duas cenas mais bem filmadas de Mou gaan dou (a perseguição de um infiltrado ao outro, à saída do cinema, e a morte da personagem de Chau-Sang) surgem no filme de Scorcese com tamanha opacidade e com maior discrição?

3) Porque é que o filme de Scorcese aparenta desvalorizar tudo o que é bom em Mou gaan dou, e melhorar tudo o que nele é mau? Uma antítese à tese? Então, para quando a síntese?

2 Comments:

Anonymous vbm said...

Não podia estar mais de acordo.

16/12/06 14:29  
Blogger António Luís said...

Visitei o seu blog e gostei.
Vou voltar!
Parabéns!

A. Luís

17/12/06 00:47  

Enviar um comentário

<< Home