terça-feira, janeiro 16, 2007

Um disparate nunca vem só

O concurso "Os Grandes Portugueses" parece estar amaldiçoado. A iniciativa é simpática, mas a catadupa de equívocos transformou-a num produto francamente desagradável. O episódio do "esquecimento de Salazar", na lista das 200 personalidades sugeridas pela RTP, foi um péssimo prenúncio, que o tempo confirmou. A votação dos cem primeiros foi sofrível, com resultados que envergonham os promotores do projecto. Enfim, talvez Pinto da Costa, Catarina Eufémia, Hélio Pestana, Alberto João Jardim e Ricardo Araújo Pereira – todos juntos – cheguem para fazer um grande português.

O programa de apresentação no domingo foi pavoroso. Inaceitável o hediondo truque de se revelarem os dez primeiros "por ordem alfabética" – ao contrário do que sempre fora anunciado – claramente para encobrir o facto de Salazar ter sido o mais votado. Como se já não bastasse tudo isto, ainda fomos presenteados com a inenarrável Maria Elisa e seus convidados (ilustres, não duvido), a debitarem boçalidades sobre os "Dez mais". Notável a reflexão de Zeinal Bava, o eminente presidente da TMN, que a propósito de Vasco Gama confessou: “Foi alguém muito importante, porque abriu novas perspectivas para o comércio”. Perceberam? Para falar de um empreendedor do século XV, nada como apelar à sapiência de um yuppie do século XXI. A RTP está muito à frente.

Também inesquecível foi o contributo de Mega Ferreira, que sobre Fernando Pessoa rematou: O homem escreveu sobre rigorosamente tudo. Criou não sei quantas personalidades e escreveu sobre tudo. Quer dizer, tudo o que lhe vinha à cabeça, tudo!. Aplauda-se o brilhantismo desta requintada sinopse da obra pessoana. Para cereja em cima do bolo, esta noite vamos ouvir uma apologia de Cunhal por Odete Santos e a defesa de Salazar por Jaime Nogueira Pinto. Promete.

5 Comments:

Blogger Pedro Correia said...

Gosto muito de visitar este blogue. Em breve ficará estabelecida ligação permanente ao Corta-Fitas. Abraço.

16/1/07 20:47  
Anonymous Joaquim Jorge said...

obrigado pela sua participação no blog dos Pensadores.

Apareça no debate do clube dia 22 às 21.30h no Hotel Holiday INN em gaia.

Depois do debate prometo que vou participara mais vezes

16/1/07 23:11  
Anonymous Anónimo said...

O Salazar parecia-me uma escolha bastante plausível para ficar nos "top dez", mas confesso que fiquei desiludido com uma coisa... pensei que essa lista dos dez melhores ia incluir a Nossa Senhora de Fátima... é tuga não é?

17/1/07 01:45  
Blogger Jose Gomes Andre said...

Caro Pedro Correia, obrigado pelas suas palavras e pela futura "linkagem". Felizmente, o sentimento é mútuo: continuação de bons posts no Corta-Fitas e volte sempre!

Caro Joaquim Jorge, obrigado pelo convite, mas infelizmente Gaia fica demasiado longe do meu local de trabalho, e receio bem que não possa estar presente. Boa sorte para a iniciativa e para o vosso blogue, no qual participei com gosto. Volte sempre ao "Bem pelo contrário"!

Um abraço aos dois, JGA

17/1/07 03:05  
Anonymous Anónimo said...

De facto o programa do disparate não tem remédio. Vou apenas apontar pormenores, esses que conquistam ou afastam o telespectador:
. A voz irritante da apresentadora
. A sua cabecinha adornada com uma cabeleira farta mas tão mal penteadinha
. A Odete Santos que declara haver pessoas que estariam em melhores condições para de defender Cunhal, porque o conheciam melhor!
. A Ana Gomes que esteve quase para não vir porque o seu avião teve um problema, mas ela estava ali porque ela própria é "filha" de marinheiros.
. A apresentadora declara que o programa está a ter muito sucesso nas escolas, ela própria e a equipa já visitaram milhares de escolas.
E mais não vi...

17/1/07 09:52  

Enviar um comentário

<< Home