segunda-feira, julho 14, 2008

Bruni-Sarkozy

Vai sendo difícil encontrar quem elogie Carla Bruni seja pelo que for. Mas não é para admirar, considerando que conseguiu reunir os dois maiores motivos de inveja e ódio entre humanos: uma beleza célebre e uma ocupação do espaço máximo de exercício de um poder político, ainda por cima de um dos mais poderosos Estados do mundo.

Para compor o ramalhete, só lhe faltava mesmo ser americana e benfiquista...

6 Comments:

Blogger Jacinto said...

..."um dos mais poderosos estados do mundo"...
Hum... os "américas" consideram a França um país de terceira num continente de segunda...
Mas que continuam com a napoleónica mania das grandezas - isso é irrefutável.

14/7/08 23:50  
Anonymous Anónimo said...

E faltava ter andado metida com o Mick Jagger. Espera, isso não falta porque andou mesmo.

15/7/08 12:15  
Blogger André, o campos said...

Não percebo, caro anónimo, como andar enrolada com o Mick Jagger pode constituir motivo de inveja para seja quem for...

15/7/08 14:25  
Anonymous Anónimo said...

Não era obrigatório ser inveja: também podia ser ódio. Ora reveja lá o post, s.f.f.

15/7/08 16:09  
Blogger André, o campos said...

Mas assim ainda percebo menos: porquê odiar, quer o Mick Jagger, quer quem ande com ele, se não por inveja (do sucesso, do dinheiro, e do estilo de vida)?

Por ódio às músicas não acredito, que os Rolling Stones são os avós do rock n' roll...

15/7/08 18:29  
Anonymous Anónimo said...

Eu acho que ter andado com esse tal de MJ (e com mais uma quantidade deles, uns poderosos outros «famosos» - lembro-me de uma lista publicada, salvo erro, pelo DN) não recomenda propriamente uma fulana para chegar a primeira-dama, mas isto deve ser um «ódio» meu inteiramente injustificado.

16/7/08 11:14  

Enviar um comentário

<< Home